domingo, 22 de maio de 2011

6ºC: Crítica a "História em verso para meninos perversos"


Roald Dhal reescreveu, de modo hilariante, histórias tradicionais que todos conhecem. Quem mais poderia transpor para português, de maneira mais original, estas deliciosas versões? A tradutora é a escritora Luísa Ducla Soares que muito nos tem inspirado a descobrir o prazer de manipular as palavras, sempre com muita arte e muito humor.
Professora ANA PAULA RIBEIRO

O livro é muito interessante e adorei o modo como Roald Dhal conta as histórias que já não ouvia desde pequenina. Além disso, escreveu-as em verso, que não é coisa que qualquer escritor faça.
CÁTIA OLIVEIRA

Eu achei o livro interessante e engraçado. As ilustrações também são boas, acompanhando bem o texto. O Roald Dahl tinha muito jeito para escrever.
MELANIE CURTO

Roald Dahl é um autor excelente e os livros dele são todos fantásticos, como este. Adorei-o, pois gosto de poemas, mas tenho de admitir que já há algum tempo que não lia um livro de poesia.
Este livro é um pouco diferente dos que já li, pois inclui histórias muito conhecidas, como “A Gata Borralheira”, “João e o Feijoeiro Mágico” ou “O Capuchinho Vermelho”, mas em verso.
MARIANA RAMOS

Já conhecia o escritor Roald Dahl pois li a sua obra “Charlie e a Fábrica de Chocolate” nas aulas de Português do passado ano lectivo. Devo confessar que, com este livro, me tornei fã de Roald Dahl! Assim, foi com muito prazer que comecei a ler estes poemas e a relembrar as histórias que me contaram quando eu era pequenino. O que mais me fascinou foi o sentido de humor do autor e a forma inesperada como alguns poemas terminam – são realmente cómicos e aconselho a sua leitura a quem estiver a precisar de se divertir e de dar umas boas gargalhadas!
DUARTE LOPES

Sem comentários:

Enviar um comentário