terça-feira, 31 de janeiro de 2012

Da Célula fotovoltaica à eletricidade




A III Semana de Astronomia começou da melhor forma esta segunda-feira com a abertura na Biblioteca da mostra de livros, maquetas (do 7ºD e 7ºE, turmas do professor Celestino Ribeiro) - sem esquecer o telescópio da escola - e uma palestra pelo Professor Pedro Alpuim que esteve acompanhado na mesa pelo professor Agostinho Oliveira. Situando a oportunidade do tema abordado entre a figura do astrónomo caminhense Luciano Pereira da Silva, patrono do evento, e o centenário da eletricidade em Caminha, que esta semana se comemora, o docente da Universidade do Minho apresentou aos alunos e professores do Curso de Ciências e Tecnologia a temática Da célula fotovoltaica à eletricidade. Após introduzir os principais conceitos da área da energia, abordou o contexto mundial de produção e consumo de renováveis e não-renovavéis, evidenciando que, apesar dos progressos dos últimos decénios, os derivados do petróleo, o carvão e o gás natural continuam a deter a maior fatia. Seguidamente, enunciou dez razões para a adoção da infinitamente renovável energia fotovoltaica (PV) oriunda do Sol, a saber (1) Gratuitidade; (2) Não poluente; (3) Segurança; (4) Reciclável; (5) Manutenção reduzida; (6) Chega a todo o lado; (7) Boa integração estética nos edifícios; (8) Rápido retorno do investimento; (9) Cria emprego; (10) Aumenta a segurança energética da Europa. Na parte final da palestra, o Professor Pedro Alpuim explicou o modo de funcionamento de uma célula fotovoltaica e mostrou aos presentes um exemplar de um filme fino (2ª geração de painéis de silício), sendo que da 1ª geração está disponível um painel no átrio da Biblioteca, instalado pela turma 11ºE do Curso Profissional de Informática e Gestão com a ajuda dos professores Armindo Pires e Arsénio Calheiros.

Sem comentários:

Enviar um comentário