quinta-feira, 28 de abril de 2011

25 de Abril sempre





A Biblioteca associou-se ao Departamento de Ciências Sociais e Humanas para assinalar na EB2,3/S de Caminha a passagem dos 37 anos do 25 de Abril. Uma mostra bibliográfica na BE foi apenas uma parte de um todo que incluiu uma exposição de trabalhos no Polivalente (retomando um trabalho sobre Caminha e o 25 de Abril realizado em 2004) e a colocação à entrada da escola de uma réplica de uma chaimite idêntica às que na madrugada de 25 de Abril de 1974 serviram para derrubar a ditadura. Uma magnífica realização do Jardim de Infância da Santa Casa de Misericórdia de Caminha, desvendada no desfile de Carnaval do passado mês de Fevereiro e que a provederia da SCMC acedeu amavelmente em emprestar ao Agrupamento de Escolas Coura e Minho para este efeito.

segunda-feira, 25 de abril de 2011

6ºD: Diaristas na Visão Júnior






Com algum atraso — justificável pelo muito noticiário relativo à presença na escola de André Letria e, depois, pela interrupção lectiva da Páscoa — aqui trazemos a notícia grande do destaque que alguns alunos do 6º D tiveram na mais recente edição da revista Visão Júnior. Orientados nas aulas de Português pela professora Carla Alves, a Juliana Cairrão, o Pedro Silva e a Carlota Ramalhosa, surgem num dossiê da revista juvenil dedicado aos jovens que mantêm regularmente diários, escrevendo aí os seus pensamentos e desabafos mais particulares. Mesmo correndo o risco de sobrecarregar esta mensagem, apresentamos agora as quatro páginas da Visão Júnior que incluem as declarações e as fotografias dos alunos da EB 2,3/S de Caminha e ainda, num rigoroso exclusivo, o emocionante momento em que o 6ºD tomou conhecimento do artigo, aconteceu na Biblioteca há umas duas semanas.

domingo, 10 de abril de 2011

André Letria V


Reagindo ao encontro com o ilustrador André Letria, os alunos do 5ºD escreveram críticas individuais sobre o evento logo na aula seguinte com a professora Ana Paula Ribeiro. Aqui deixamos esses registos, com os nossos agradecimentos a André Letria pela simpatia demonstrada nesta sua estadia na EB 2,3/S de Caminha, sem esquecer as docentes de Português do 5º ano que fizeram com os seus alunos um magnífico trabalho antes e depois do dia 7 de Abril.


Adorei este encontro, pois o André Letria é uma pessoa muito simpática, alegre e interessante. Gostei muito de ver o caderno pequenino em que ele aponta todas as suas ideias, para mais tarde as usar, para quando lhe falta a imaginação ou apenas para treinar a sua técnica de desenho. Margarida Rocha

Eu acho que foi uma excelente entrevista, porque tínhamos tudo planeado e escutámos o convidado com atenção. O senhor ilustrador André Letria respondeu a todas as perguntas, mas foi pena não ter feito umas ilustrações por falta de tempo. Luís Eduardo

O André Letria foi muito sincero nas respostas às perguntas dos alunos do 5º ano. Achei o máximo estar com ele cara a cara. Luís Carlos

Adorei a visita do André Letria, porque aprendi muito sobre as suas técnicas de desenho e o modo como ele se inspira para fazer desenhos tão magníficos. Inês Rodrigues

Gostei do encontro, porque achei muito engraçadas e divertidas as imagens que nos mostrou dos seus novos livros “Estrambólicos” e “De Caras”. André Sá

Aprendi muito sobre a profissão de “ilustrador” com o André Letria que é fantástico e nos mostrou os seus novos livros em que vários monstros podem trocar de cabeça, tronco e pernas. Resumindo: adorei!!! Tatiana Ribeiro

André Letria é um excelente ilustrador e é também muito simpático. Aprendi com ele como podemos ter ideias e apontá-las num caderno para quando for preciso. Vítor Ferreira

Aprendi como vivem os ilustradores em Portugal e como se inspiram para fazer os seus desenhos. Sara Conde

O André Letria foi engraçado e divertido e notou-se que tentou fazer com que nós não nos aborrecêssemos, respondendo às perguntas com palavras que entendêssemos. Inês Neiva

Como gosto de ilustrar, vou utilizar tudo o que ele disse e ter calma, sem me preocupar com o tempo que vou precisar para fazer desenhos. Diogo Xavier

Houve imensas pessoas que queriam fazer perguntas ao André Letria e uma delas era eu. Gostei mesmo muito do encontro e espero que ele continue a ilustrar. José Duarte

No fim, deu autógrafos e fez desenhos nos livros que os meninos lhes apresentaram. Manuel Ribas

Quando ele entrou no auditório, fiquei muito nervosa, porque nunca na vida tinha conhecido um ilustrador famoso. Vanessa Lopes

Gostei quando o André Letria entrou no auditório e toda a gente bateu palmas. Catarina Gonçalves

A parte favorita foi a dos autógrafos, porque ele desenhou bonequinhos muito engraçados, como um “Pinóquio” e um homenzinho com um foguete a sair da sua cabeça. Marco António

Gostei muito do André Letria que é muito calmo e nos apresentou, em estreia, os seus livros novos. Lucas Oliveira

Foi muito giro saber mais sobre a vida de um ilustrador, quando se quer um dia ser ilustradora. Maria Sousa

Adoro o autógrafo do André Letria e o desenho que fez no meu livro. Marc Silva

Eu gostei muito do encontro, porque me deu uma pequena ideia como os livros são feitos antes de serem levados para as prateleiras das livrarias. Pedro Alves

André Letria IV




Ainda na quinta-feira, da parte da tarde, André Letria animou um workshop com alunos do Curso de Artes Visuais do Ensino Secundário que decorreu na sala 3 N. Perante a atenção de estudantes e professores de Educação Visual e Desenho da escola — Maria João Castro, Fernando Borlido e Paulo Barros — o ilustrador mostrou as diversas fases de concepção de uma maqueta para um livro ilustrado e no final respondeu às questões levantadas pelos jovens aspirantes a artistas. Estiveram presentes na sessão duas técnicas e a Directora da Biblioteca Municipal de Caminha, entidade que proporcionou a proveitosa vinda de André Letria a Caminha.

André Letria III





Como previsto, esteve na quinta-feira entre nós André Letria. Na parte da manhã, um Auditório repleto de alunos do 5º ano acolheu entusiasticamente o ilustrador lisboeta, não o deixando repousar um minuto sequer tantas foram as questões que lhe colocaram sobre a sua obra e actividade profissional. Ladeado por representantes das quatro turmas quintanistas, André Letria a todas as perguntas respondeu com simpatia e exemplificou fases e aspectos da sua carreira exibindo livros que ilustrou ou cadernos de apontamentos que leva consigo para todo o lado. No final, já na Biblioteca, formou-se longa fila para os autógrafos da praxe, desta vez com o extra de algumas ilustrações originais. Para além das que acompanham esta mensagem, as restantes (muito boas) fotografias do evento, da autoria do professor António Garrido, podem ser vistas aqui.

quarta-feira, 6 de abril de 2011

André Letria II




Há muito que as meninas e os meninos das turmas do 5º ano preparam a visita do ilustrador André Letria à nossa escola. Leram os livros que ilustrou, conheceram os passos do seu percurso profissional e transpuseram depois para o papel as suas impressões da obra e do artista. Desde hoje que todo esse belo trabalho plástico, orientado pelas professoras de Português e EVT, se encontra exposto na Biblioteca. Amanhã veremos se André Letria apreciará os desenhos à sua maneira e as caricaturas que dele fizeram os nossos quintanistas. Nós já gostámos!

terça-feira, 5 de abril de 2011

André Letria I


Aproxima-se o momento da visita à EB 2,3/S de Caminha do ilustrador e autor André Letria, uma iniciativa no âmbito da Rede de Bibliotecas de Caminha. Nesta quinta-feira, contactará de manhã com os alunos do 5º ano no Auditório e da parte da tarde dinamizará um workshop com os alunos do Curso de Artes Visuais do Ensino Secundário na sala 3N. Uma óptima oportunidade para alunos e professores beneficiarem da experiência e conhecimentos de um dos melhores ilustradores portugueses da actualidade. O cartaz do evento foi feito pelo professor Fernando Borlido a partir de uma ilustração do próprio André Letria.

sexta-feira, 1 de abril de 2011

As Nossas Famílias em exposição




Cabe por estes dias à Biologia a ocupação do Espaço-Átrio da Biblioteca com uma interessante mostra intitulada As Nossas Famílias. Expostos em sugestivos cartazes, podemos conhecer estudos de genética realizados pelos alunos das turmas 12ºA e B, sob a orientação da professora Eduarda Castro, que exploram características específicas (reais ou supostas) presentes no genoma familiar. Olhos azuis ou castanhos, orelhas pequenas ou grandes, cabelos lisos ou encaracolados ou uma determinada flexibilidade nas mãos, são exemplos que podemos visualizar nesta didáctica exposição.