sexta-feira, 25 de maio de 2012

Poesia com Música e Pintura II






Mais imagens do evento cultural da hora do almoço de quinta-feira na Biblioteca.

Poesia com Música e Pintura I






Foi diferente a hora do almoço desta quinta-feira na EB 2,3/S de Caminha. Prosseguimos um tipo de eventos que a equipa da Biblioteca tem vindo a organizar no intervalo grande do dia escolar, juntando a poesia e a música, mas desta vez somando uma performance de pintura, tudo sob a orientação do professor Fernando Borlido. Com muitos e atentos espetadores, os músicos Jerémy Curto, Rui Barrocas e Melanie Curto acompanharam ao violino e à guitarra os colegas que, enquadrados em cénicas molduras, se foram sucedendo na declamação de poesia de Fernando Pessoa, Sophia de Mello Breyner Andresen, entre outros poetas: Isabel Marques, Isabel Ramalhosa, Juliana Cairrão, Luana Cachada, Mafalda Ferreira, Marta Mota, Mónica Pires, Melanie Curto e mais dois alunos do 5ºano que disseram poesias em língua inglesa. Enquanto o evento poético e musical decorria, a Sandra Laranjeira, aluna do 12º ano do Curso de Artes Visuais, improvisava no cavalete um exercício de pintura, criando um momento total de educação pela arte que importará repetir no futuro no espaço cultural que a Biblioteca constitui.

5ºD: Exposição Fada Oriana


Rematando, por este ano letivo, a série de exposições no Espaço-Átrio com trabalhos ilustrados a partir da leitura de livros por turmas do 2º ciclo, o 5ºD veio esta quinta-feira à Biblioteca montar a sua sob a orientação da professora de Português, Ana Paula Ribeiro. O motivo dos bonitos desenhos é a conhecida obra A Fada Oriana de Sophia de Mello Breyner Andresen, escrita originalmente em 1958. Não deixem de passar pela BE para a ver!

6ºC: Menção Honrosa em concurso literário


A aluna Maria Porto Sousa, do 6º C, foi distinguida com uma Menção Honrosa pela sua participação no concurso nacional Uma aventura literária... 2012, ao qual concorreram 10710 trabalhos individuais e de grupo, de mais de 400 escolas do país e do estrangeiro. A editora responsável pelo concurso, que deste modo pretende valorizar e incentivar a leitura, a escrita e a criatividade, também lhe ofereceu um livro que decerto enriquecerá a sua biblioteca pessoal. Sendo a Maria uma das grandes leitoras da biblioteca escolar (ver este blogue de outubro de 2011), não poderíamos deixar de aqui deixar, publicamente, os nossos parabéns.

segunda-feira, 21 de maio de 2012

Auto-avaliação da Biblioteca


Aproxima-se o final do ano letivo e, como vem sucedendo desde que a Biblioteca integrou a Rede de Bibliotecas Escolares do ME, chega uma das mais importantes fases do processo da nossa auto-avaliação, a aplicação de questionários aos utentes. Sempre preservando o anonimato, os professores preencherão os seus na próxima reunião dos departamentos enquanto os alunos, dois a dois por turma, vêm por uns minutos à Biblioteca para preencher os que lhes cabem. Este ano letivo o domínio em avaliação na nossa BE é o domínio A. Apoio ao desenvolvimento curricular e os resultados do processo serão conhecidos em Julho próximo quando estiver finalizado o relatório final.

terça-feira, 15 de maio de 2012

Memorial do Convento — 30 anos da 1ª edição (1982)





O Professor Orlando Grossegesse, da Universidade do Minho, esteve esta terça-feira na EB 2,3/S de Caminha para uma conferência sobre o livro Memorial do Convento (1982), de José Saramago, cuja 1ª edição data de 1982, há trinta anos portanto. Os participantes foram os alunos do 12ºano e muitos professores de Português da escola, entre os quais a professora Cristina Pereira que acompanhou na mesa o conferencista. Lendo por vezes excertos da obra, procurando sempre dialogar com os jovens estudantes, não propriamente a pensar no próximo exame de Português como foi repetindo mas porque ler, nas suas palavras, permite "aumentar a experiência de vida", o Professor Grossegesse apresentou uma leitura crítica da obra saramaguiana que, cremos, o próprio não desdenharia. Comparando a estrutura de Memorial do Convento a uma sonata barroca (como as de Domenico Scarlatti), com três movimentos (de oito capítulos cada) e uma coda final (25º e último capítulo), foram lembradas as palavras de Saramago — "Eu não inventei nada" — para fazer perceber que a construção da história, e as suas personagens, se baseiam em factos históricos e nos relatos de viajantes estrangeiros do século XVIII, mesmo se o autor depois os recria — por exemplo, usando e abusando dos anacronismos — afastando a obra do romance histórico e, diversamente, filiando-a no real maravilhoso (ou mágico) da ficção latino-americana do século XX. Outras influências, menos óbvias, foram entretanto salientadas pelo Professor Grossegesse, como a do dramaturgo português Bernardo Santareno (1920-1980), autor de O Judeu (1966), sobre a vida de António José da Silva, vítima da Inquisição e uma das figuras referidas no final de Memorial do Convento. Porém, as personagens maiores do romance — a "Trindade", como crismou o conferencista — são naturalmente Baltasar Sete-Sóis, Blimunda e o padre Bartolomeu de Gusmão, não por acaso duas delas figuras do Povo que, com algumas outras (como os construtores de Mafra), permitem a Saramago, na leitura do Professor Grossegesse, introduzir uma das várias oposições presentes na obra: a da Família Mateus (o Povo) Vs Família Real; a Passarola (via para a emancipação) Vs Mafra (a pedra do poder); as reais condições de vida dos miseráveis de setecentos Vs a Arte sublime plasmada na estatuária barroca — e o diálogo com as estátuas, recordou, é uma constante na obra de Saramago. No final da palestra, depois de responder a uma questão da plateia, o Professor Orlando Grossegesse recebeu das mãos da aluna do Curso de Artes Visuais, Sandra Laranjeira, uma linogravura da passarola de Bartolomeu de Gusmão da sua autoria. Na mesma ocasião, a aluna ofereceu à Biblioteca a expressiva caricatura de José Saramago que desenhou para o cartaz deste seminário que ficará pois como memória da sua realização e tributo ao grande escritor português.

segunda-feira, 14 de maio de 2012

10ºD - Estudos de Cor em exposição



Foi hoje montada na Biblioteca mais uma exposição de trabalhos de alunos do Curso de Artes Visuais. Desta vez da turma 10ºD, Estudos de Cor, realizados na disciplina de Desenho A sob a orientação da professora Maria João Castro.

Concurso Centenário da Eletricidade - prémios garantidos

Retomando uma atividade realizada durante a Semana da Astronomia, quando o tema foi a eletricidade, os alunos de Educação Tecnológica do 8ºano, sob a orientação da sua professora Margarida Maio, voltaram recentemente a produzir e a vender na comunidade educativa bonitos pins, desta vez alusivos ao 25 de Abril. Apurado o produto da venda, volta a reverter para a aquisição dos prémios do concurso do Centenário da Eletricidade que se aproxima do seu final (a entrega dos trabalhos concorrentes termina na próxima sexta-feira). A Biblioteca agradece pois aos alunos de ET e à sua professora este importante contributo, que se vem juntar a uma generosa oferta de livros por parte da Porto Editora, ficando assim garantidos os merecidos prémios aos vencedores do concurso.

sexta-feira, 11 de maio de 2012

Seminário sobre José Saramago


Dando continuidade à série de seminários sobre autores de língua portuguesa promovidos pela Rede de Bibliotecas de Caminha em colaboração com o Instituto de Letras e Ciências Humanas da Universidade do Minho, o Professor Doutor Orlando Grossegesse vem à nossa escola na próxima terça-feira, 15 de Maio, para apresentar "A música, a mulher e o mundo em Memorial do Convento". O seminário destina-se aos alunos do 12ºano que proximamente vão ter um encontro provável com a obra de José Saramago no exame nacional de Português. O cartaz do evento, como habitualmente, tem design do professor Fernando Borlido mas desta vez com uma particularidade relevante. Contém dois belos trabalhos originais da aluna do Curso de Artes Visuais, Sandra Laranjeira: uma linogravura da famosa passarola do padre Bartolomeu de Gusmão e uma caricatura de José Saramago.

Semana da Europa - Dia do Português






Nesta quinta-feira chegou a vez do Português na Semana da Europa organizada pelo Departamento de Línguas e a Biblioteca foi o local escolhido para, à hora do almoço, fazer uma sessão de leitura expressiva a três tempos. Sob a orientação das professoras Carla Grande e Ana Maria Pereira, os alunos do 8º ano leram partes selecionadas do "Carteiro de Pablo Neruda" (António Skármeta); alunos do 11º ano um breve excerto de "Os Maias" (Eça de Queirós); houve ainda tempo para a declamação de um poema de Sophia com música a acompanhar. Tudo com uma Biblioteca cheia de interessados espetadores que no final não pouparam nos aplausos aos seus colegas.

Boas e diversas novidades






Deram entrada recentemente no fundo documental da Biblioteca novidades interessantes mesmo se diversas. Por generosa oferta do professor Luís Verde, uma série de livros de Matemática, Física e Astronomia, a maioria edições de ciência da Gradiva, alguns bem recentes. Para responder a uma necessidade concreta, a chegada de um aluno de nacionalidade chinesa (Li, aluno do Curso de Artes Visuais), o nosso primeiro dicionário de Chinês-Português-Chinês. Finalmente, uma obra acabada de sair no mercado editorial português, a nova biografia do nosso maior poeta modernista "Fernando Pessoa - uma quase-autobiografia", do brasileiro José Paulo Cavalcanti Filho.

quarta-feira, 9 de maio de 2012

Como seria a vida sem os media II

Reunido o júri (a dois tempos), constituído pelas professoras de Português do 2º ciclo, o único que correspondeu ao apelo de participação no concurso Como seria a vida sem os media? com dezenas de propostas, da sua escolha resultou a frase vencedora do nosso agrupamento a enviar para a Rede de Bibliotecas Escolares. Foi ela "Os media são as veias do mundo que circulam por todos nós" e a sua autora foi a Cláudia Fernandes Figueiredo do 6ºA. Parabéns pois à vencedora e oxalá este seu bonito slogan seja também o vencedor a nível nacional!

terça-feira, 8 de maio de 2012

Semana da Europa - Dia do Inglês



Esta é a Semana da Europa na EB 2,3/S de Caminha e a Biblioteca acolhe algumas das iniciativas desta atividade organizada pelos professores de Português e Línguas Estrangeiras. Esta 3ª feira é o Dia do Inglês e daí a mostra de livros desta língua e a exposição que a acompanha (na imagem, em fase de montagem pela professora Isabel Rocha). Ambas estarão patentes até 5ª feira, quando se comemora o Dia do Português e uma surpresa aguarda aqueles que visitarem a Biblioteca à hora do almoço... 

quarta-feira, 2 de maio de 2012

Como seria a vida sem os media?

Como seria a vida sem os media? é uma iniciativa da RBE e do PNL em que aos alunos se pede uma frase-resposta que represente a ideia de uma vida sem as tecnologias e aplicações de comunicação (jornais, televisão, rádio, Internet, etc). Divulgada a iniciativa na escola, chegou agora a vez de recolher na Biblioteca as frases dos alunos concorrentes (na imagem, o João Mina e o João Paulo, do 6ºA, depositam na caixa as suas propostas), após o que um júri escolherá a melhor frase por níveis de ensino: uma dos alunos dos 1º e 2º ciclos do Ensino Básico e outra dos alunos dos 3º Ciclo do Ensino Básico e Secundário. Seguidamente, as duas frases serão enviadas para as entidades organizadoras do concurso e a divulgação dos vencedores, nos respetivos portais, ocorrerá no dia 1 de junho. A entrega dos prémios será feita em data a anunciar.